• Patrícia e Rafaela

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: 10 filmes para assistir e refletir

Atualizado: Mai 30


Hoje, dia 8 de março, é o dia internacional da mulher e precisamos falar sobre. Mais do que uma data comemorativa, essa data é um símbolo da luta por direitos de equidade de gênero. Como a principal arma de transformação é a educação, trouxemos uma listinha de filmes sobre mulheres diferentes com dilemas e obstáculos próprios. Desde a história de personalidades importantes, a descoberta de sexualidade e as diferenças dos problemas enfrentados pelas mulheres negras, esses filmes nos alertam para o fato de que apesar de muito ter sido alcançado (especialmente na esfera formal) ainda estamos longe daquilo que necessitamos (especialmente no plano material). Esperamos que gostem, alguns dos títulos podem ser encontrados na netflix.



1) AS SUFRAGISTAS


O filme que não poderia faltar nessa lista. A luta pelo direito ao voto, é a luta pela conquista da possibilidade de ao atuar na esfera da criação de leis, poder alterar aquelas que limitam sua própria existência. Em um mundo governado por homens, que compõe o Estado, as leis refletem suas vontades. O filme reflete sobre como, para que os direitos das mulheres sejam também contemplados, é essencial que essas possam escolher suas(seus) próprias(os) representantes.

2) ESTRELAS ALÉM DO TEMPO


Baseado em fatos reais, Estrelas além do tempo, traz os feitos de mulheres esquecidas pela história. Matemáticas, negras em meio ao apartheid, foram fundamentais para que a NASA tivesse êxito na corrida espacial, ao enviar o primeiro homem à lua.


3) A FAVORITA


Uma história sobre poder, ou melhor, sobre sua busca e as estratégias para mantê-lo. Retratada na disputa entre a antiga conselheira, melhor amiga e amante da Rainha Anne e a ambiciosa e recém chegada prima. O filme é inteiro sobre as 3 personagens, as quais se alteram no papel de protagonistas, fortes, com defeitos, porque somos todas assim. Para quem deseja conhecer mais postamos a crítica do filme aqui no Blog.

4) CAROL


Carol é um ótimo filme com grandes atuações, bela trilha sonora, linda fotografia e direção de arte, roteiro sutil e ao mesmo tempo profundo. O longa nos apresenta duas mulheres complexas que se apaixonam nos anos 50. Os obstáculos de viver uma relação homossexual e a descoberta da sua própria sexualidade são tratados no filme fugindo do óbvio e de clichês. Uma grande história de amor que vale a pena conhecer.

5) MARY SHELLEY


Esse filme nos conta a vida de Marry Shelley a escritora do clássico do terror Frankenstein. Uma mulher brilhante vítima dos preconceitos e limitações de sua época. Sobreviveu a um relacionamento abusivo e lutou para ter reconhecida a autoria de sua obra. Frankenstein assim como sua criadora são seres que sofreram pelo narcisismo e egoísmo de quem deveria lhes amar.


6) LADY BIRD - A HORA DE VOAR


Dirigido, escrito e protagonizado por mulheres, o premiado filme de 2018 conta a história do amadurecimento, autodescoberta e auto aceitação de uma jovem com muita personalidade. Aparentemente, os temas tratados nesse filme podem parecer um pouco água com açúcar e talvez, para alguns, não se encaixem muito nessa lista, porém as dificuldades de se encontrar e se aceitar quando em todos os lados são impostos comportamentos e aparência “socialmente corretos” para uma mulher, faz desse filme uma ótima opção para quem quer pensar nos desafios de ser uma adolescente.

7) A DAMA DE FERRO


Meryl Streep como Margaret Tatcher uma das principais figuras políticas da história da Inglaterra. O longa narra momentos importantes da vida da primeira-ministra, da sua entrada na política até o fim de sua vida. Uma mulher de fibra que esteve a frente de muitos direcionando com bravura.

8) FRIDA


O filme retrata a história da artista Mexicana, Frida Khalo. Nele, sentimos seu amor e sua dor por meio da pintura. Esse filme não poderia deixar de estar na lista, já que Khalo nos deixou um legado cultural vasto, desenvolveu doenças desde cedo e soube como enfrentar usando a arte. Na criação “La cama volando”, mostra um dos abortos que teve e apontou para uma de suas dores, o fato de não ter tido filhos. Por fim, Frida é ícone, como tem que ser.

9) HISTÓRIAS CRUZADAS


Criticado pela forma como aborda ou deixa de abordar a questão racial, o filme sobre a perspectiva da mulher é muito interessante ao ressaltar como as lutas e as dificuldade na vida da mulher negra difere da branca, e, talvez aí, esteja o principal ponto da sua mensagem. De um lado temos uma recém formada jornalista branca, que enfrenta as pressões familiares para casar enquanto busca o sucesso profissional e independência financeira nos 60, ao escrever um livro sobre a vida de duas empregadas domésticas, negras e de outro, temos aquelas que lhe relatam a sua história, onde abusos são frequentes no trabalho e em casa, na sua restrita vida pública e na vida privada.

10) O SORRISO DE MONALISA


Filme protagonizado por Julia Roberts, narra a chegada de uma nova professora em uma prestigiada escola para mulheres em 1953, que se depara com jovens talentosas e inteligentes as quais se limitam e se escondem ao ter como objetivo de vida conseguir um bom casamento. Não se trata de um roteiro excepcional, é daqueles filmes que valem mais pela mensagem que passam, do que pela obra em si.

*BÔNUS


Colette uma importante escritora francesa que lutou para ter reconhecida a autoria de seus escritos. A esposa, obra fictícia, sobre uma mulher a sombra de um homem narcisista. Madame Bovary uma história sobre amores não convencionais e mulheres a frente de seu tempo. Garotainterrompida a amizade improvável de duas internas em um hospital psiquiátricos que não se encaixam nos estereótipos pré-determinados do que deve ser uma mulher.


Beijos, Patrícia e Rafaela L.

44 visualizações

@2018 Sétima Sala - Todos os direitos reservados

  • Facebook - Círculo Branco
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram